domingo, 29 de abril de 2007

Dálmata

É um cão social e amistoso. Atrevido e autoconfiante e corajoso sem ser agressivo.
O pêlo branco e as inúmeras manchas pretas ou castanhas, fazem do Dálmata um cão com enorme originalidade e singularidade.
O seu aspecto nobre e esbelto torna-o um cão muito elegante.
Pensa-se que provém da província indiana de Bengala e é por isso também conhecido por "perdigueiro bengalês" ou "cão tigre".
Há, também, quem atribua a sua proveniência à ex-Jugoslávia.
As provas da sua existência na Península Adriática advém de pinturas italianas do século XVI. Por esta razão o Dálmata é também denominado de "perdigueiro de Ragusanis", em homenagem à Jugoslávia.
Existem ainda imagens que remontam ao antigo Egipto, onde estão revelados cães brancos de manchas escuras, cuja estrutura corporal também se assemelha à dos cães dos faraós.

Em termos de actividades é também um cão muito diversificado.
Já foi utilizado como cão de guerra, como sentinela nas fronteiras da Dalmácia e da Croácia.
É conhecido pelas suas heróicas performances na luta contra o fogo e como mascote das corporações de bombeiros. Como cão de caça já foi utilizado na caçada a aves, veados e javalis.
De entre todos os seus talentos, o mais importante é sem dúvida o original, como cão de acompanhar carruagens. O Dálmata provou muitas vezes a sua sociabilidade com cavalos e ainda hoje gosta de andar junto de cavaleiros.

O tamanho do Dálmata varia de 58,5 a 61 cm, para os machos, e 56 a 58,5 cm, para as fêmeas.


2 comentários:

Lika disse...

Olá! Gostaria de anunciar minha Dálmata para namoro. se houver algum macho interessado favor mande um e-mail;Likatigrao@hotmail.com Obrigado!

nuno disse...

ola boa tarde eu tenho uma dalmata malhado castanho se quiseres entrar em contacto comigo deixo o meu email: sly_nuno@hotmail.com